Confira as musicas que você vai ouvir muito nesse verão - Garanhuns Eventos | Notícias e Entretenimento

Ultimas Notícias

Contrate para sua festa Heróis e Princesas

Contrate para sua festa Heróis e Princesas
Contato: (81) 9.9667-1202 ou (81) 9.8822-0256

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Confira as musicas que você vai ouvir muito nesse verão


O verão começou na segunda metade de dezembro e se estende até o final do mês de março. Na indústria musical, entretanto, é muito antes disso que empresários e artistas começam a pensar na estação mais quente do ano por ser também a mais propícia para emplacar hits e conquistar o público em meio às festividades de réveillon, férias e carnaval. O período é disputado e conta com o lançamento de uma série de músicas dançantes com refrão-chiclete que se proliferam por rádios, programas de TV, shows e carros de som nas ruas.

A antecipação, o estudo de mercado e o trabalho de divulgação das gravadoras e de artistas são fundamentais para o êxito das apostas musicais, geralmente lançadas em meados do mês de novembro - tempo suficiente para o público decorar as letras e fazer bonito nas festas de fevereiro. Mas a fórmula não é a única que dá certo. Exemplo disso foi o Deu onda, do MC G15, favorito a hit de 2017. 

Disponibilizada no YouTube em 21 de dezembro, bastou uma semana para a faixa passar da marca de 40 milhões de acessos na plataforma de vídeos, ganhar dezenas de paródias, ser compartilhada inúmeras vezes e ser interpretada por famosos. A música também alcançou o primeiro lugar no Top 50 de músicas virais do Spotify (serviço de áudio pela internet) no mundo todo, levantamento sobre canções que, em pouco tempo, conquistaram muitos ouvintes.



Parte do elenco da novela Malhação, a funkeira Anitta, a sertaneja Marília Mendonça, os cantores Lucas Lucco, Latino, Gretchen, o jogador Neymar e a youtuber Kéfera Buchamnn, entre outras celebridades, cantaram e dançaram versões do funk do MC de 18 anos. Gretchen chegou a divulgar nas redes sociais uma interpretação em que fala sobre sobre amor materno e faz homenagem ao marido: "Eu não preciso mais mexer e nem dançar a Conga/ Que a tua presença me deu onda".
 
Além da batida ritmada e do clipe bem produzido, a letra foi o que mais chamou a atenção na canção e contribuiu para disseminá-la. A composição explica como sorriso e presença da parceira substituem a "onda" proporcionada pelo uso de drogas ("Eu não preciso mais beber/ E nem fumar maconha"). O verso mais polêmico, com a palavra "pau', foi trocado por versão menos obscena ("pai") para divulgação nos meios mais tradicionais.

O sucesso de Deu onda, representante de uma versão moderna do funk, reflete uma tebndência que ganha força no cenário musical brasileiro: desde 2010, o hit do carnaval não é um axé (à exceção de Circulou, da Banda Eva, em 2012). O ritmo liderou as paradas musicais e consagrou hits como Cabelo raspadinho (Chiclete com Banana), Festa (Ivete Sangalo), Vixe mainha, (Ivete) e Dandalunda (Margareth Menezes), mas tem cedido espaço, no topo dos hits da folia, às batidas da suingueira e do arrocha (em 2016, foi o Paredão metralhadora e, em 2015, Gordinho gostoso que arremataram o público), dois dos ritmos desconsiderados MPB em convocatória do governo do estado para o carnaval, assim como sertanejo, forrós estilizado e eletrônico, pagode e funk. Em 2011, o brega pernambucano Minha mulher não deixa não, de Reginho, brilhou.

Em 2017, O doce, de Ivete Sangalo, e Taquitá, de Claudia Leitte, se candidatam. Aviões do Forró, com Tô limpando você da minha vida, e Wesley Safadão, com Tô solteiro de novo, representam o forró na disputa enquanto a aposta de Simone & Simaria é misturar sertanejo com o funk de Anitta em Loka - que, diz Simaria, gerou um reggaeton. "É contagiante, tem tudo pra ser hit do verão", acredita ela.

As candidatas a hit do verão 2017

Taquitá, Claudia Leitte
A faixa foi divulgada em dezembro com vídeo à base de fotos enviadas por fãs. Tem 90 mil visualizações no YouTube. Apesar da letra aderir à fórmula de hits passados, como Largadinho Claudinha bagunceira,  investe em melodia mais suave para conquistar foliões. O clipe será divulgado hoje
.




O doce, Ivete Sangalo
São mais de 320 mil acessos no vídeo de divulgação. Apesar de figurar entre as mais tocadas de 2016 nas rádios, a campanha de O doce ganhou força na internet por meio de plataformas como YouTube e Spotify.





Mulher no poder, Psirico
Depois de emplacar sucessos como Lepo lepo Tem xenhenhém, Psirico divulgou, em novembro, o videoclipe para a música. A faixa tem cerca de 67 mil visualizações no YouTube e contém elementos do arrocha e do axé típicos do grupo de Márcio Victor. A banda divulgou link para download gratuito da música, disponível nas plataformas de streamings.





Remexe mexe, Delano
O MC, que já emplacou Na ponta ela fica e Que grave é esse, já alcançou mais de 3,5 milhões de acessos e mais de mil comentários no vídeo, lançado em novembro. O carioca representa com força o funk em meio aos artistas que fazem sucesso no período carnavalesco e mistura o ritmo carioca com reggaeton.





Tô limpando você da minha vidaAviões do Forró
Música foi lançada há quatro meses mas tem força para agitar os foliões. O vídeo de divulgação tem mais de 2,1 milhões de acessos no YouTube e 722 mil reproduções no Spotify, principal plataforma de streaming musical.








Tô solteiro de novoWesley Safadão
Safadão fez parceria com o jogador Ronaldinho Gaúcho para o clipe, que já acumula mais de 58,7 milhões de acessos no YouTube. No Spotify, são mais de 4 milhões.





LokaSimone & Simaria com Anitta
Após o sucesso com Quando o mel é bom, a dupla investe em pegada pop para emplacar no carnaval. Anitta foi recrutada para a música, lançada na sexta-feira. "É uma música contagiante, que chega para agitar as baladas. A canção tem tudo para ser hit do verão: letra, melodia e ritmo. Combinação perfeita", defende Simaria. A faixa deve ser lançada nesta sexta-feira (6). Confira um teaser:





Acompanhe Garanhuns Eventos no Facebook 

Nenhum comentário:

Postar um comentário