Marisa Letícia mulher do ex-presidente Lula teve morte cerebral confirmada - Garanhuns Eventos

ARRAIÁ DO BICHO AVIÕES + MATHEUS E KAUAN

ARRAIÁ DO BICHO AVIÕES + MATHEUS E KAUAN
04 de Junho na Esplanada Mestre Dominguinhos

Marisa Letícia mulher do ex-presidente Lula teve morte cerebral confirmada


O ex-presidente Lula escreveu nas redes sociais, na manhã desta quinta-feira, que a família já autorizou os procedimentos preparativos para a doação de órgãos da ex-primeira-dama Marisa Letícia. De acordo com o boletim atualizado sobre o quadro, a ex-primeira-dama perdeu o fluxo cerebral. 

Durante a madrugada desta quinta-feira, Marisa teve uma piora no seu quadro clínico no início da noite desta quarta-feira (1º) e voltou a ser sedada, segundo informou o médico Roberto Kalil Filho, chefe da equipe do Hospital Sírio-Libanês que cuida da paciente. O sedativo tinha sido retirado na terça-feira.


Leia a íntegra do boletim médico do Hospital Sírio-Libanês:
Boletim Médico – Marisa Letícia Lula da Silva

Publicado em 02/02/2017 10:25
A paciente Marisa Letícia Lula da Silva permanece internada na UTI do Hospital Sírio-Libanês. Na manhã de hoje foi realizado Doppler transcraniano, sendo identificada ausência de fluxo cerebral.

Diante do resultado, com autorização da família, foram iniciados procedimentos para doação de órgãos.

As equipes que a acompanham são:
Coordenação – Professor Dr. Roberto Kalil Filho
Neurologia Clínica – Professor Dr. Milberto Scaff
Neurocirurgia – Dr. Marcos Stávale
Neurorradiologia – Dr. José Guilherme Pereira Caldas

Aguarde mais informações
Acompanhe Garanhuns Eventos no Facebook 

Share on Google Plus

Autor Felipe Santos Nascimento

Felipe Santos Nascimento sou editor,compositor e dono do site dos grandes eventos,sejam todos bem vindos ao site Garanhuns Eventos o site feito pra você que gosta de festas noticias e entretenimento em nossa cidade e região procurando sempre leva informação em primeira mão.

0 comentários:

Postar um comentário

Silvânia & Paulinha + Galã

ICIA

ICIA
Instituto do Cancêr Infantil do Agreste