Moradores reclamam do preço cobrado por mototaxistas cadastrados em Garanhuns - Garanhuns Eventos - Noticias e Entretenimento

ARRAIÁ DO BICHO AVIÕES + MATHEUS E KAUAN

ARRAIÁ DO BICHO AVIÕES + MATHEUS E KAUAN
04 de Junho na Esplanada Mestre Dominguinhos

Moradores reclamam do preço cobrado por mototaxistas cadastrados em Garanhuns


Moradores de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, estão indignados com o valor abusivo cobrado por alguns mototaxistas cadastrados na cidade de Garanhuns. De acordo com alguns usuários o preço cobrado de um bairro para outro é caro, comparando assim, com o valor cobrado por taxistas.  “Eu saí do Centro para a Brasília e me foi  cobrado um valor de sete reais. Isso é um absurdo, com mais cinco reais eu pagava um táxi e faria o mesmo percusso, com segurança e com conforto, porque tem mototaxista desses cadastrados que só faltam quebrar sua coluna, devido a alta velocidade que eles passam pelos buracos e quebras-molas”. Disse uma moradora e usuária que pediu o sigilo. 




Regularizada no ano de 2015, a categoria de mototaxistas em Garanhuns, poderá contar ainda este ano, com um aparelho semelhante ao utilizado por taxistas, para a tarifação das viagens. Segundo o Conselho Municipal de Trânsito e Transporte (CMMT), o aparelho conhecido como “mototaxímetro”, ajudaria a combater o transporte clandestino, além de evitar preços abusivos na cobrança de passagens, deixando o serviço oficial de Mototáxi em Garanhuns com mais transparência e credibilidade.

Como acontece corriqueiramente por todo país, e principalmente onde o serviço ainda não é legalizado, o preço por cada viagem ou entrega é negociado verbalmente entre passageiro e mototáxi. De acordo com o que reza a legislação federal, compete aos municípios a fiscalização e a definição dos preços a serem cobrados. Na Câmara dos Deputados, em Brasília, a instalação do equipamento ainda está em fase de discussão, já que Inmetro, ainda desenvolve o apetrecho.


 mototaxímetro funciona de forma congênere a um taxímetro comum, utilizado por taxistas. O dispositivo conta as marcações tarifárias do tipo bandeira 1 e 2, sendo que ainda ele é resistente à água. Em reunião realizada no dia 20 de dezembro de 2015, o Conselho Municipal de Trânsito e Transporte do município, aprovou por unanimidade, a sugestão que foi de iniciativa dos próprios mototaxistas: a de analisar o aparelho. Com isso, Garanhuns no Agreste Meridional, pode se tornar uma das primeiras cidades testar a viabilidade da implantação da ferramenta.
Em contato com o JI, o secretário municipal da Autarquia Municipal de Segurança Trânsito e Transporte (AMSTT), Elielson Pereira, informou que  estuda a forma de regulamentação da tarifa em Garanhuns.  “A responsabilidade  de fato é da AMSTT,  só que estamos estudando o meio de regularizar essa tarifa, que seria por meio de mototaxímetro, porém o próprio mototaxímentro ainda passa por alguns testes. Após os testes iremos sim regulamentar as tarifas, por enquanto estamos sem ter como regulamentar, pois não existe nenhum mecanismo que nos permita esse regulamentação“. Disse o secretário do município.

Acompanhe Garanhuns Eventos no Facebook 

Share on Google Plus

Autor Felipe Santos Nascimento

Felipe Santos Nascimento sou editor,compositor e dono do site dos grandes eventos,sejam todos bem vindos ao site Garanhuns Eventos o site feito pra você que gosta de festas noticias e entretenimento em nossa cidade e região procurando sempre leva informação em primeira mão.

0 comentários:

Postar um comentário

ICIA

ICIA
Instituto do Cancêr Infantil do Agreste