Felipe Neto tira a mãe do Brasil e cancela evento após receber ameaças - Garanhuns Eventos - Seu site de Entretenimento

Últimas Notícias

terça-feira, 17 de setembro de 2019

Felipe Neto tira a mãe do Brasil e cancela evento após receber ameaças


O youtuber Felipe Neto cancelou a participação que faria no evento Educação 360, que será realizado nesta terça-feira (17) no Rio de Janeiro, por ter recebido diversas ameaças à sua segurança e a de sua família. Em publicação no Twitter, Felipe lamentou o cancelamento e afirmou que mantém sua mãe fora do Brasil. 

Ainda não se sabe ao certo onde Rosa Esmeralda Pimenta Neto está atualmente, porém, em 2017, o youtuber e seu irmão, Lucas Neto, postaram um vídeo em que presenteavam a mãe com uma casa na Europa. 

Em comunicado enviado ao UOL, a assessoria de Felipe Neto afirmou que, após ter distribuído 14 mil livros com temática LGBTQI+ durante a bienal do livro no Rio de Janeiro, ele recebeu "todo tipo de ameaça". O texto ainda afirma que, diante "risco iminente, que inclusive atinge seus familiares, o influenciador encontrou-se sem outra alternativa a não ser cancelar sua participação".

Leia a nota na íntegra:


"Felipe Neto, por meio de sua assessoria de imprensa, comunica que não participará do evento Educação 360, a ser realizado no próximo dia 17 de setembro, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. O influenciador digital, escritor e empresário cancelou a sua palestra "Educação e a Criatividade" devido a ameaças que atentam contra a sua vida e de sua família. Desde a ação que promoveu contra a censura, a opressão e o preconceito na Bienal do Livro - onde comprou e distribuiu gratuitamente 14 mil exemplares com a temática LGBTQ - em um movimento em prol da liberdade de expressão, do amor, da inclusão e da diversidade, Felipe Neto vem recebendo todo tipo de ameaças. Diante do atual cenárário e do risco iminente, que inclusive atinge aos seus familiares, o influenciador encontrou-se sem outra alternativa a não ser cancelar a sua participação. "Lamento profundamente a minha ausência no evento, minhas sinceras desculpas a organização, que me convidou, e a todos que aguardavam pela minha participação e pela minha palestra. É estarrecedor que no Brasil, em 2019, um indivíduo seja impossibilitado de se manifestar e lutar contra qualquer tipo de censura e opressão sem ser ameaçado. Quero dizer que continuarei lutando, enfrentando o obscurantismo e a opressão, por todos os meios que me cabem, pela defesa do amor e da união até o fim, até onde for possível e até onde minhas forças e meu coração aguentarem"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As mais lidas da semana