Mãe de Wesley Safadão diz ter provas que Mileide seria mandante de ataques a cantor - Garanhuns Eventos - Aqui seu evento e bem divulgado

Últimas Notícias

quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Mãe de Wesley Safadão diz ter provas que Mileide seria mandante de ataques a cantor


Depois do processo movido por Mileide Mihaile, ex-mulher de Safadão, contra a família do cantor por calúnia e difamação, o acordo entre as partes segue indefinido. 
Nesta terça-feira, a a mãe do cantor Wesley Safadão, Dona Bil, divulgou algumas provas autenticadas em cartório de outro processo. Nele, Safadão é quem processa Mileide sob a acusação de que ela é a responsável pelos ataques a atual esposa, Thyane Dantas.
Os prints seriam de conversas no WhatsApp com pessoas responsáveis por perfis fakes, especializadas em ataques contra a família Safadão. Na maioria deles, a mensagem enviada pelo número de Mileide é a mesma que posteriormente aparecem em publicações das contas fakes, e uma delas dizia o seguinte: "Thyane planejou ser família, ser esposa, ser mãe... Só esqueceu que o mundo dá voltas e o plano dela causou sofrimento, lágrimas, uma família destruída, uma criança... o mundo dá voltas, amiga Thy! Se prepare pro naufrágio, você vai afundar de vez, vai pagar por tudo." 
A mensagem seguinte era um pedido para que a primeira fosse publicada: "Poste esse! E bota uma foto minha (Mileide), Wesley, Yhudy (filho de Mileide com Safadão), e a put* (Thyane)."
Mileide nega qualquer envolvimento com perfis fakes. Na maior ação judicial contra haters do Brasil, Mileide já prestou depoimento e também negou envolvimento neste tipo de ataques. 
Segundo a colunista Fabia Oliveira, Dona Bill afirma que sigilos telefônicos foram quebrados e que os mesmos provariam o envolvimento de Mileide nesta série de ataques contra a família. No processo que Mileide move contra a família Safadão ela propôs três acordos: que ambas as partes parassem de citar os nomes um do outro publicamente; que eles se desculpassem publicamente com ela por terem a acusado de comandar os fakes; e por fim, que eles pagassem os honorários dos advogados dela. A família, no entanto, concordava apenas com o primeiro pedido e acabou não aceitando o acordo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As mais lidas da semana