Jornalista da Globo é aposentado por invalidez após tiro na cabeça - Garanhuns Eventos | Notícias e Entretenimento

Ultimas Notícias

Post Top Ad

Banner_anuncie_aqui%2B-0001

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Jornalista da Globo é aposentado por invalidez após tiro na cabeça




Ele foi baleado em meio a tiroteio entre policiais e bandidos em Caruaru

Redação Correio 24 horas

O jornalista Alexandre Farias, da TV Asa Branca, afiliada da Globo em Caruaru (PE), passou por uma perícia do INSS e foi aposentado por invalidez depois de ser vítima de uma bala perdida há exatos quatro meses. A informação é do Uol.
Alexandre tinha acabado de apresentar o telejornal "ABTV - 2ª edição" e seguia para casa, no dia 16 de setembro, quando ficou no meio de um tiroteio entre policiais e suspeitos de roubar um carro. Na fuga, os bandidos ainda atropelaram dois socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Alexandre foi baleado na parte frontal da cabeça, pouco acima do olho.
O jornalista foi socorrido e passou por uma cirurgia de 4 horas. Ele teve perda de parte da massa encefálica. Os médicos optaram por não retirar a bala, que permanece alojada na cabeça da vítima.
O irmão do jornalista, José Santos Júnior, afirmou que Alexandre recebeu o resultado da perícia no INSS em dezembro. Ele recebeu primeiro o auxílio doença e agora foi aposentado por invalidez. "Foi uma surpresa para todos nós, porque ninguém está pensando nisso agora. A gente espera que ele se recupere logo", diz o irmão.
O apresentador está fora da UTI, mas segue no trabalho de recuperação, faznedo fisioterapia. Ele se comunica por gestos, por não conseguir falar ainda. Ele ainda deve passar por cirurgia de reconstrução craniana, mas é preciso liberação da Anvisa, pois o material do procedimento é importado.
Três suspeitos pelo crime foram presos em um sítio de Lagoa de Pedra, área rural de Caruaru. Um quarto foi morto na mesma ação em troca de tiros com a PM. Outro segue foragido. 

Fonte: Ibahia










Garanhuns Eventos no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As mais lidas da semana